22.3.08

Quero encantar novamente!

Ronaldinho completa 28 anos atravessando momento dificil na carreira.

Com certeza, esse foi um dos pedidos de Ronaldinho Gaúcho ao apagar as velas do seu 28º aniversário, completados no último dia 21. O craque dentuço vive um verdadeiro inferno astral no Barcelona, após ter sido aclamado como o melhor do mundo por duas vezes, em 2004 e 2005. Ele ainda é muito querido por boa parte da torcida blaugrana, mas há muito se questiona sua saída da Catalunha. O que não faltam são candidatos a reviver a magia do camisa 10, perdida já há algum tempo. Equipes como Chelsea, Milan e Inter, entre outros, já manifestaram interesse no brasileiro.

Garoto prodígio no Grêmio, jogador sem tanto brilho no Paris Saint-Germain, Ronaldinho chagou a Barcelona como uma incógnita, apesar dos 21 milhões de euros pagos por ele. Afinal, era seu primeiro desafio em um time de ponta, de torcida exigente e que sempre está entre os favoritos em todos os campeonatos. Mas ele fez a magia acontecer nos gramados europeus e durante seu auge, era comparado aos monstros do futebol, como Maradona e até Pelé. Claro que parte desse “exagero” vem do sensacionalismo característico da maioria da imprensa esportiva espanhola, mas Ronaldinho realmente comeu a bola. Quem não se lembra da seqüência de chapéus em cima do lateral Del Horno, à época no Bilbao? Ou dos jogos brilhantes com o Barcelona na campanha campeã da Champions em 2005/06? Ou da brilhante campanha junto a Seleção Brasileira na campanha vencedora da Copa das Confederações de 2005, ao lado de Kaká e cia.?

Após o fiasco na Copa de 2006 - onde se esperava que ele fosse um dos expoentes de uma eventual campanha vitoriosa do Brasil - Ronaldinho começou a cair vertiginosamente de produção. Particularmente nesta temporada, Ronaldinho atravessa a pior fase de sua carreira. Ao dividir a responsabilidade de brilhar junto das outras vértices do “Quarteto Fantástico” do Barça, achou-se que ele iria reeditar os seus melhores dias. No entanto, Ronaldinho está deixando uma lacuna, que aos poucos vêm sendo ocupado pelos talentosos garotos da base blaugrana, como Bojan Krkic e Giovani dos Santos. Pouco efetivo na perseguição do Barcelona ao Real Madrid na Liga Espanhola e também no caminho do Barça rumo ao topo da Europa, Ronaldinho vislumbra um fim de temporada péssimo, onde é constantemente poupado por Rijkaard – por vezes, estando em condições de jogo – e também se encontra fora dos planos de Dunga para a Seleção neste momento. Isso certamente lhe custaria uma das vagas destinadas aos jogadores com mais de 23 anos da seleção olímpica, que tentará conquistar o ouro em Pequim.

Até aqui, o que faltou para Ronaldinho ser reconhecido como um grande jogador da história do futebol é a regularidade de um Zidane, um Kaká ou um Romário, citando apenas seus contemporâneos. E ultimamente é perceptível a falta da alegria em sua expressão, sendo este o principal combustível de sua personalidade para que ele possa encantar e desequilibrar. Seria este um momento propício para o craque dentuço mudar de ares? Enfrentar a dureza de um futebol inglês, onde seu xará lusitano, de ousadia tão grande quanto a do brasileiro, deita e rola? Ou a retranca de um futebol italiano, onde um jogador com a técnica que ele possui pode se sobressair facilmente? Talvez seja a hora de partir da Catalunha.

Muito além dos troféus, o que me faz feliz é jogar futebol”. Essa é uma das frases que o craque diz, em seu site oficial. E se Ronaldinho está feliz, com certeza todos que apreciam um futebol espetáculo, acrobático e encantador também estarão felizes. Que o apagar das velinhas traga uma nova fase, para que o camisa 10 e nós, apaixonados por futebol, também fiquemos felizes.

3 comentários:

alexandreazank disse...

Sou um fã do futebol do Ronaldinho e torço muito pelo seu retorno em grande estilo. Depois de Zidane, foi o melhor jogador que pude acompanhar atuando!

Bruno Pinto disse...

O reinado agora é de outro Ronaldo, o Cristiano. É o melhor jogador mundial da actualidade.

Arthur Kleiber disse...

Podem anotar: quando todos faltarem no Barcelona, vai ser o Ronaldinho que vai botar a bola no chão é mostrar pq é super craque! Ele vai fazer a torcida se arrepender mt no final desta temporada!