8.10.08

Prenúncio de Finados agitado


Há aproximadamente 5 meses, muitos, como eu, não acreditariam que duas equipes do Rio de Janeiro estariam entre os últimos do Campeonato Brasileiro de 2008, faltando apenas 10 rodadas para o término da competição.

Além do que, a visível melhora dos cariocas na edição de 2007, quando, de maneira inédita, duas equipes (Flamengo e Fluminense) ficaram na Zona de classificação Libertadores e as outras duas (Botafogo e Vasco) permaneceram entre os dez primeiros, criou a aparente ilusão de que os times do Rio, enfim, voltariam aos seus melhores dias. Ledo engano.

Muito mais preocupado com a fase final da Libertadores, o Fluminense iniciou sua campanha no torneio nacional de maneira inconstante. Em muitas partidas, inclusive, escalou jogadores reservas ou que não estavam no auge de sua forma física e tática.
O resto todo mundo sabe. A LDU surpreendeu, o inédito título continental não veio e o Tricolor, abalado pela perda e desmotivado com a venda de dois dos seus principais atletas (Thiago Neves e Cícero), não reagiu. Tanto que, após 28 rodadas, o Fluzão só esteve fora da temida parte inferior da tabela em 4 oportunidades.

Já o Vasco até esboçou um começo muito mais regular. Apresentando um futebol ofensivo que garantia muitos gols, os cruzmaltinos chegaram à cobiçada 4ª posição já na quarta rodada. As constantes falhas na defesa, porém, foram decisivas para a queda de rendimento dos alvinegros.

Com a saída de Eurico Miranda da presidência, parecia que as coisas iriam se acertar nos lados do clube da Colina. O problema é que o técnico Tita, a exemplo de seu antecessor Antonio Lopes, não conseguiu desempenhar um bom papel com o frágil elenco vascaíno e a situação somente piorou.

Hoje desmotivados, os rivais cariocas sonham com uma sorte melhor e esperam sair da incômoda parte inferior da tabela. Mas do jeito que as equipes estão se apresentando em campo, tudo leva a crer que no próximo encontro de ambos, no dia 02 de novembro, feriado de Finados, uma das equipes irá morrer, literalmente.

Certamente, o principal protagonista dessa partida será o polêmico e falastrão Renato Gaúcho. O treinador, que nos tempos de Fluminense chegou a declarar que “o time iria apenas brincar no Brasileiro”, poderá pagar as suas palavras com juros.
Se no Fluminense a situação se tornou muito delicada após a perda da Libertadores, e o treinador acabou demitido, hoje, do lado do Vasco, parece que a missão de não cair tornar-se-á muito mais complicada, haja vista que Renato comanda um elenco muito mais carente em boas opções.

Já tem gente por aí dizendo que, neste ano, não tem jeito: pelo menos um dos dois cairá. Confesso que essa não é a minha opinião, mas entendo que para alguém que necessita sair dessa posição, uma derrota a cinco jogos do final do torneio não seria encarada como algo bom. Pelo contrário, seria muito preocupante.

7 comentários:

Filipe Araújo disse...

Vai fluzão!
de volta ao lugar que não deveria ter saído! não pelas portas dos fundos!!

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Sobre o Futebol Carioca disse...

HOJE O VASCO TEM QUE GANHAR.
SE PERDER PRO SPORT , A COISA VAI COMPLICAR MAIS.

André Augusto disse...

O Vasco está condenado, na minha opinião. A situação se assemelha ao Corinthians, ano passado. O Flu tem recursos para escapar, mas tem de abrir o olho e reagir logo.

CALIGULA disse...

Jeje en Argentina Boca y River juegan un superclasico devaluado. Ninguno de los dos pelea por el campeonato.

Saludos de Buenos Aires.

Arthur Kleiber disse...

O Vasco tem um péssimo elenco e deve cair. Já o Flu, apesar da posição, tem time para escapar. Mas se a reação demorar muito, pode complicar.

Gustavo disse...

Ola amigo. Valeu pela visita no futebolatino.blogspot.

Vamos trocar link sim, gostei bastante do seu site e continue fazendo este excelente trabalho.

Abraço
Gustavo - Futebol Latino

Saulo Milleri Biral disse...

Thiago, eu também não acreditava que duas equipes do Rio estivessem lutando desesperadamente para sair do rebaixamento. Pensei que os times cariocas fossem fazer uma boa campanha.
O único que faz uma bela campanha é o Flamengo e um pouco o Botafogo. Vasco e Fluminense fazem vergonha. Parece que, foi pura ilusão mesmo.