24.2.09

Paredões

Júlio César faz mais uma defesa no jogo contra o Manchester United: o arqueiro vive grande fase e firma-se como um dos melhores do mundo em sua posição.

Se a Inter ainda aspira chances para passar à próxima fase da Champions League, o responsável direto é o goleiro Júlio César. Ratificando a sua excelente fase na Inter de Mourinho e no Brasil de Dunga, o arqueiro defendeu pelo menos três bolas dificílimas diante do Manchester United, nesta terça-feira.

Se no Calcio a Inter consegue se impor – mesmo não atuando bem em algumas oportunidades -, na Champions a equipe parece, por vezes, se apequenar diante da responsabilidade de conquistar um título que não vê há mais de 30 anos. Jogando no San Siro, a equipe nerazzurri foi mera espectadora ao ver os Red Devils com amplo domínio da partida, com um Cristiano Ronaldo criando e definindo jogadas perigosas até com alguma liberdade. Mas o quarteto ofensivo dos mancunianos parou em Júlio César, que assegura seu nome como um dos principais goleiros da atualidade, ao lado da Casillas e Van der Sar. Prestes a completar 30 anos, Júlio César parece chegar ao auge de sua carreira e caminha firme para ser o titular da baliza brasileira na Copa do Mundo de 2010. Com todos os méritos, é um dos “intocáveis” na equipe de Dunga.

Do outro lado, estava o veterano Van der Sar, que pouco foi incomodado na partida apesar do aumento nas ações da Inter no segundo tempo. Prestes a bater o recorde europeu de minutos sem ter a meta vazada, o holandês não é do tipo espalhafatoso. Como na partida desta terça onde novamente foi auxiliado pela fortíssima defesa do United – a menos vazada da Champions e da Premier League -, seguramente a melhor da Europa. Não teve necessidade de fazer defesas difíceis, mas é peça importante quando os zagueiros do Manchester não previnem os ataques adversários, como pôde ser visto na final do último Mundial da FIFA, frente a LDU. O que difere Van der Sar de Júlio César é que o brasileiro vem sendo muito mais exigido, e por conseqüência, acaba se destacando mais. Mas trata-se de dois dos mais técnicos goleiros da atualidade e que podem decidir a segunda parte do confronto daqui a duas semanas, em Old Trafford.

4 comentários:

Carlos Pizzatto - Blog do Carlão disse...

Dois dos cinco melhores do mundo, talvez.

Vinicius Grissi disse...

Ótimos goleiros. O Júlio César vive uma fase espetacular. É um dos melhores do mundo, sem dúvidas. E é um dos principais jogadores tanto da Inter quanto da seleção.

Breiller disse...

Concordo, André. A zaga dos Red Devils é a melhor da Europa no momento. Já se perguntam, na Inglaterra, quem será o substituto do Van der Sar, já que o goleiro holandês não tem uma longa estrada pela frente no futebol.

Não duvido que o Júlio César seja, hoje, a menina dos olhos dos dirigentes do Manchester United.

Lara Monsores disse...

Não há dúvida de que os dois são grandes goleiros. Considero o Júlio melhor por sua habilidade com os pés também.

Obrigada pela visita e foi a mal a demora pra responder... Quanto a troca de links, por mim tudo ok, será um prazer,já que gostei muito do seu blog também. Obrigada!
Voltarei com certeza!
Abs!