16.9.08

Especial Champions League 2008/09 - Grupo G

Por André Augusto e Thiago Barretos

Arsenal
Fonte da juventude

Mesmo com a diretoria dos Gunners dando verba considerável ao "manager" Arsène Wenger, o francês, mais uma vez, optou por apostar nos garotos. Prova disso é que, mesmo com a perda de experientes e importantes peças do elenco – como Hleb, Gilberto Silva e Flamini – Wenger optou na contratação de mais jogadores em formação, sendo que a mais importante foi a do armador francês Nasri.

O jovem meia – figura presente nas seleções de base e, mais recentemente, na principal dos Bleus – vem para ajudar a desafogar a carga de Fabregas na armação das jogadas ofensivas da equipe, já que o experiente Rosicky é irregular e está se recuperando de contusão. Outra relevante contratação foi a do zagueiro Silvestre, que não era uma das prioridades do elenco do Manchester United.

Com um mosaico de jovens, Wenger tenta dar corpo à equipe, que claramente não chegou mais longe em suas incursões na Inglaterra e Europa afora por conta da falta de experiência de alguns de seus principais jogadores. Mas a insistência do técnico vem dando frutos, mesmo que indiretos: nos últimos jogos da França, a defesa contava com Sagna e Clichy pelas laterais e Gallas no miolo da zaga.

Mais maturados e com a missão de auxiliar a espinha dorsal Gallas-Fabregas-Adebayor, os Gunners contam com a subida de produção de nomes como Van Persie e Theo Walcott, este último uma das novas esperanças do ataque do English Team, já que ele brilhou na primeira rodada das Eliminatórias Européias para a Copa de 2010, quando a Inglaterra goleou a Croácia por 4-1, com nada menos que três gols do prodígio.

A equipe sofre com a falta de opções confiáveis no elenco, no caso de contusão de algumas estrelas, mas não deve ter maiores problemas para chegar ao mata-mata, como mostrou nos tranqüilos jogos frente aos holandeses do Twente na fase pré-classificatória, onde Nasri entrou bem e a equipe mostrou bom entrosamento.

Arsenal Football Club
Status: Fase Final
Melhor participação na UCL: Vice-campeão em 2005/06
Ele é o cara! Jovem, mas com cada vez mais responsabilidades, cabe ao habilidoso Cesc Fabregas a tarefa de armar com qualidade e liderar a condução de ações ofensivas dos Gunners.
Olho Nele! Aposta precoce de Eriksson na Copa de 2006 e taxado como letal nas conclusões por Wenger, Theo Walcott vai ganhando mais responsabilidades no time. Herdou a camisa 14, antes pertencente a Henry - maior ídolo da história do Arsenal - e deverá mostrar personalidade para corresponder às expectativas depositadas nele.
Tem brasuca aí? Denílson (volante)
Pontos Fortes: Além de toda a vontade de seus habilidosos jovens, a dobradinha Fabregas/Adebayor já se mostrou letal em 2007/08. Se repetirem a boa temporada, o Arsenal pode decolar de vez.
Pontos Fracos: Inexperiência do elenco, poucas opções na defesa e um goleiro que pode comprometer, no caso, Almunia.

Porto
Limpando a sujeira

Resultados arranjados mancharam o tricampeonato português do Porto, o que quase lhe custou o direito de disputar a Champions desta temporada. O escândalo do “Apito Dourado” ainda está sendo investigado em minúcias pelas autoridades, mas a vida dos Dragões tenta retomar seu curso normal.

Como o Lyon, é uma potência local, mas desde a brilhante conquista da Champions em 2003/04 – onde eram liderados por jogadores da categoria de Deco e Ricardo Carvalho, muito bem comandados por José Mourinho – o Porto não consegue emplacar uma campanha à altura de suas tradições européias. Mesmo assim, é o único campeão europeu da chave e merece respeito.

Ainda assim, é uma equipe em reconstrução e que perdeu o seu principal jogador: Quaresma, que já edita seus truques com a camisa da Inter. Outra peça importante que deixou os Dragões foi o regular lateral Bosingwa, contratado pelo Chelsea a pedido de Felipão. As apostas em Cristian Rodríguez e no desconhecido brasileiro Hulk não parecem das mais animadoras. Por isso, a esperança fica nas principais peças da última temporada: os meias Raúl Meirelles e Lucho González, além do artilheiro Lisandro López.

Com um time nada fora do comum e disputando vagas com o Fenerbahçe – sensação da última Champions – e a incógnita Dínamo de Kiev, o Porto não deve apostar apenas na tradição para desbancar os adversários pela vaga à próxima fase.

Futebol Clube do Porto
Status: Fase Final
Melhor participação na UCL: Bicampeão – 1986/87 e 2003/04
Ele é o cara! Capitão e cérebro da equipe, o meia Lucho González tem a missão de alimentar o ataque de Sektioui e López, além de contribuir com suas chegadas pontuais.
Olho Nele! O brasileiro Givanildo “Hulk” Vieira foi contratado por seis milhões de dólares junto ao Verdy Tokyo. Trombador e goleador no oriente, promete lutar por um lugar no comando de ataque, já que Sektioui e López são opções de mais mobilidade de Jesualdo Ferreira.
Tem brasuca aí? Hélton (goleiro), Lino (lateral), Fernando (meia) e Givanildo “Hulk” (atacante).
Pontos Fortes: Muitas opções de ataque e a boa chegada de trás de Lucho e Meirelles.
Pontos Fracos: Contratou algumas incógnitas como Hulk, Rodríguez e Sapunaru para suprir as importantes saídas de peças como Quaresma e Bosingwa. Podem não dar certo.

Fenerbahçe
Fase Final à vista?

Dificilmente a surpreendente campanha do Fenerbahçe no torneio anterior, quando ficou entre os 8 melhores da Europa, repetir-se-á. Nem mesmo a classificação nas eliminatórias após vitórias frente aos inexpressivos MTK e Partizan anima.

O atual vice-campeão da Super Lig manteve boa parte de seu elenco e quase não perdeu atletas. Com a exceção do turco-brasileiro Mehmet Aurélio, nenhuma das outras saídas (Guven Kuneri, Serdar, Balaban, Kemal Aslan e Mithat Yasar) será muito sentida.

Mas a maior novidade está no banco de reservas. Luís Aragonés, campeão da Eurocopa 2008, assume a vaga de treinador, após a saída do brasileiro Zico. E Aragonés deverá ter trabalho, já que a temporada mal começou e o espanhol perdeu o avante Deivid lesionado.

Dentre as caras-novas dos Canários Amarelos os destaques são o artilheiro Guiza (ex-Mallorca) e o rodado meia Emre (ex-Newcastle). O atacante Ibrahim Yay (ex-Bucaspor) e os meias Yilmaz (ex-Manisaspor) e Tumer Metin (ex-Larisa) completam a lista.

Com Volkan no gol, Roberto Carlos na lateral, Maldonado na cabeça-de-área e Alex na armação, o Fener merece respeito. Nada mal para um clube que aspira à Copa da Uefa e sonha em superar algum favorito para, talvez, classificar-se para a fase final de novo.

Fenerbahçe Spor Kulübü
Status: Copa da Uefa
Melhor participação na UCL: Quartas-de-final em 2007/08
Ele é o cara! Camisa 10 e capitão do time, o meia Alex é o maior ponto de referência dos turcos. Dono de uma habilidade incomparável, faz com que todas as jogadas passem pelos seus pés. Ah, se fosse um pouquinho mais constante...
Olho Nele! Colin Kazim "Kazim" Richards ficou famoso no ano passado ao marcar o gol que deu a vitória contra o Chelsea na partida de ida das quartas-de-final. Bom finalizador, o rápido atacante meio turco, meio inglês, tem que ser marcado de perto.
Tem brasuca aí? Edu Dracena (zagueiro), Roberto Carlos e Gökçek Vederson (laterais-esquerdo), Alex (meia) e Deivid (atacante)
Pontos Fortes: Tem uma torcida fanática que apóia o time sem parar nos jogos disputados na Turquia. Uma jogada fantástica de Alex, uma bomba de Roberto Carlos, um preciso cruzamento de Emre; poucas equipes têm tantos jogadores decisivos.
Pontos Fracos: Tanto Gokhan Gonul quanto Roberto Carlos são laterais ofensivos que deixam perigosos espaços em suas costas. O time não conta com peças de reposição à altura.

Dínamo de Kiev
Em queda livre

Muitos torcedores dos azuis de Kiev lembram-se com saudade do time liderado por Shevchenko e Rebrov que alcançou as semifinais do torneio em 1998/99. De lá para cá, dez anos se passaram e muita coisa mudou... para pior.

Nesta temporada, o vice-líder da liga local mexeu muito pouco no time. Trouxe o defensor Betão (ex-Santos), o volante Vukojevic (ex-Croácia Zagreb) e os atacantes nigerianos Okoduwa (ex-Germinal) e Temile (ex-Valletta). Pouco, não?

Apesar de ter perdido somente 4 atletas (Gavrancic, Verpakovskis, Markovic e Vaschuk), a base mantida pelo treinador Yuri Semin não impõe medo. Destaques apenas para o experiente goleiro Shovkovskiy e para a dupla formada pelo grandalhão Milevskiy e pelo ágil Bangoura.

Agora, se o maior campeão ucraniano de todos os tempos (com 12 títulos) perde aos poucos a sua soberania local para o Shakhtar, como acreditar numa possível passagem à Fase Final? Uma improvável vaga na Copa da Uefa já seria lucro.

ФК Динамо Київ - Football Club Dynamo Kyiv
Status: Azarão
Melhor participação na UCL: 3 vezes semifinalista: em 1976/77, 1986/87 e 1998/99
Ele é o cara! O guineense Ismael Bangoura é um dos poucos do time que sabe o que fazer com a bola nos pés. Atuando como segundo atacante ou meia-atacante, é um atleta sempre perigoso, que finaliza muito bem de fora da área.
Olho Nele! Artem Milevskiy tem apenas 23 anos, mas já aparece com um certo destaque há algum tempo. Alto, forte e bom cabeceador, sempre foi uma grande promessa, considerado por muitos, o sucessor de Shevchenko.
Tem brasuca aí? Betão (zagueiro) e Corrêa (volante)
Pontos Fortes: A dupla de ataque não é tão fácil de ser marcada e pode incomodar. Típica equipe retrancada e entrosada que tem bom toque de bola e joga para não perder. Características que podem fazê-los roubar uns pontinhos...
Pontos Fracos: A zaga apresenta algumas falhas de posicionamento e erra demais. O elenco é jovem e muitos jogadores não têm experiência internacional. Isso pesa.

LEIA MAIS:

Champions League 2008/09 - Grupo A
Champions League 2008/09 - Grupo B
Champions League 2008/09 - Grupo C
Champions League 2008/09 - Grupo D
Champions League 2008/09 - Grupo E
Champions League 2008/09 - Grupo F

Um comentário:

Dracul disse...

O Cristian Rodríguez não é propriamente uma incógnita: foi o melhor jogador do Benfica na época passada (onde deixou muitas saudades) e a grande transferência interna do Verão. Já começou a fazer jogar o meio-campo e ataque do FC Porto, incluindo a assistência para o 2-0 contra o Fenerbahçe. Fiquem de olho nele.

Saudações desportivas.
http://futeboletal.blogspot.com