12.1.08

Paulistão 2008 – Parte 2

São Paulo
Manutenção da
base para mais glórias em 2008

Melhorar o que já estava dando certo. Essa proposta de evolução pauta o atual campeão brasileiro para esta nova temporada. E o Paulistão funcionará, a princípio, como laboratório para Muricy Ramalho corrigir os pontos falhos da equipe em 2007. No ataque, setor mais carente da equipe, veio a maior contratação do futebol brasileiro até aqui: o Imperador Adriano chega emprestado pela Inter para aterrorizar os zagueiros adversários com seus chutes potentes, físico privilegiado e habilidade. O lateral Joílson, vindo do Botafogo, é uma boa pedida para a ala-esquerda, onde Jadílson, Júnior e jogadores improvisados não conseguiram se firmar em 2007. O zagueiro Juninho e o volante Fábio Santos serão boas opções para o já reforçado setor defensivo tricolor, disparado o melhor do país, mesmo com a perda de Breno, vendido ao Bayern.

Talvez o São Paulo devesse trazer mais alguns reforços para compor elenco, já que provavelmente jogadores como Souza, Leandro, Hugo e Diego Tardelli têm propostas para deixar a equipe. Pelo entrosamento e pelo futebol apresentado, pode-se dizer que o São Paulo é o grande favorito deste Paulistão. Resta saber se a equipe conseguirá conciliar o estadual e a Libertadores.

Time-Base: Rogério Ceni, Miranda, Alex Silva e Juninho (André Dias); Hernanes, Richarlyson, Jorge Wágner, Souza (Fábio Santos) e Joílson; Adriano e Dagoberto (Aloísio)
Destaques: Rogério Ceni , Miranda e Adriano.
Olho Nele
! Dagoberto pode, enfim, firmar-se de vez no time, jogando o futebol vistoso que o consagrou no Atlético/PR.
Pontos Fortes: A manutenção da base, principalmente no sistema defensivo, faz o Tricolor mais forte e com vantagem sobre os principais rivais
Pontos Fracos: A saída de jogadores em série tem que ser rapidamente reposta pela diretoria.

Noroeste
Caminhão de reforços

O Norusca trouxe quase dois times em reforços para montar bom elenco e não decepcionar no Paulistão. São eles: Fabiano e Fernando Vizzotto (goleiros), Edylton (lateral-direito), Alexandre Luz, Éder Monteiro e Anderson Marques (zagueiros); Tiago Amaral e Leandro Eugênio (laterais-esquerdos); Dinho, Ralf, Júlio e Alexandre (volantes); Edno e Gilsinho (meio-campistas) e Wellington, Éder Satílio e Juliano César (atacantes). Velhos conhecidos da torcida bauruense também retornam ao Alfredo de Castilho, como o zagueiro Leandrinho, o meia Luciano Bebê (ex-Corinthians) e os atacantes Leandrinho, Borebi e Otacílio Neto, que fez bom Paulistão em 2007 e disputou a parte final do Brasileirão pelo Figueirense.

O técnico José Carlos Fescina quebra a cabeça para montar o time para a estréia, contra o Juventus. Seu maior desafio é dar padrão de jogo em meio a tantos jogadores contratados. Melhor time do interior no Paulista 2006, o Noroeste corre para entrosar o elenco, que é bem mesclado entre jovens e experientes jogadores.

Time-Base: Fabiano; Edylton (Éder), Éder Monteiro, Alexandre Luz (Anderson Marques) e Marcelo Santos; Júlio, Alexandre (Luciano Bebê), Ralf e Edno; Leandrinho (Otacílio Neto) e Gilsinho.
Destaques: Otacílio Neto, Luciano Bebê
Olho Nele: A eterna promessa Borebi, destaque do Noroeste na Copa São Paulo 2006, tem mais uma chance de se afirmar no time, após retornar de empréstimo.
Pontos Fortes: Campeão do Interior em 2006 e vice em 2007, é muito forte jogando em Bauru. Os grandes sempre sofrem ao jogar no Alfredo de Castilho
Pontos Fracos: O desentrosamento. Foram contratados 17 jogadores, mais os que retornaram de empréstimo.


Paulista
Juntando os cacos

Outrora campeão da Copa do Brasil, em 2005 e tendo quase subido para a Série A, o Paulista teve duro golpe, ao cair para a Série C do Brasileirão, em 2007. Por isso, fazer um bom Paulistão é fundamental para o início da montagem de um time competitivo para a Série C.

Alguns problemas de última hora deram dor de cabeça ao técnico Marcus Vinícius: as saídas dos atacantes Marcelinho (para o União Leiria) e a revelação Gilsinho (para o Júbilo Iwata). O técnico estava utilizando os dois como titulares na maioria dos trienos do Galo da Japi e agora corre contra o tempo para montar um ataque competitivo. Em compensação, o zagueiro Rever, prata-da-casa, vai reforçar a equipe no Paulistão. Depois, o zagueiro provavelmente irá para o Grêmio, a pedido de Wagner Mancini, que conhece o atleta dos tempos de glória do Paulista. Com o experiente Rodrigo Fabri no elenco, o Paulista luta para superar o péssimo final de temporada e fazer bonito em 2008.

Time-Base: Adinam; Dema, Diego Padilha e Johnny (Rever); Marco Aurélio, Jairo, Ricardinho, Rodrigo Fabri e Fábio Vidal; Júlio César e Neto Baiano.
Destaques: Rever e Rodrigo Fabri
Olho Nele: O zagueiro Rever, de 23 anos. A pedido do técnico Mancini, provavelmente rumará para o Grêmio após o Paulistão. Além de bom marcador, é um zagueiro mais técnico.
Pontos Fortes: Tem um meio-campo pegador e uma zaga forte. O veterano Rodrigo Fabri pode desequilibrar, atuando na meia ou no ataque.
Pontos Fracos: O Galo da Japi perdeu dois atacantes às vésperas do Paulistão. O Paulista deve correr para repor as perdas. O time precisa de mais um meia articulador. Adinam é um goleiro fraco tecnicamente.

Ponte Preta
Macaca tímida

Poucos reforços, sem alarde. No estilo mineirinho, a Ponte chega nesse Paulistão com cara de coadjuvante, mesmo entre os times do interior. Um dos poucos destaques no ano passado, o atacante Alex Terra não acertou a renovação com a diretoria e deixou a equipe. Os reforços de “mais destaque” são o volante Bilica (ex-Sport) e Marcelo Soares. Com esse elenco reduzido, a Ponte deve abrir o olho se não quiser cair para a Série A-2 no ano que vem.

Time-Base: Aranha; Eduardo, César, Jean e Vicente; Bilica, Deda, Renato e Elias; Marcelo Soares e Leandro
Destaques: Aranha e César
Olho nele! Marcelo Soares, artilheiro da última Copa Paraná pelo J. Malucelli. O alagoano, de 25 anos, promete comer grama por estrear no campeonato estadual mais disputado do país, o que pode lhe valer uma boa transferência adiante.
Pontos Fortes: Além da experiência do rodado zagueiro César, a Ponte aposta no bom goleiro Aranha.
Pontos Fracos: Poucos reforços deixam uma incógnita sobre a campanha da Ponte no Paulistão.

Portuguesa
Aos poucos, recuperando o respeito

Após retornar a elite do Brasileirão, a simpática Portuguesa vai saindo do ostracismo dos últimos anos. Com o último Paulistão conquistado há exatos 35 anos, a Lusa promete dar trabalho, principalmente se segurar os destaques da Série B de 2007. Wagner Benazzi vê o bom lateral-esquerdo Leonardo cada vez mais longe da Lusa, pois o jogador tem boa proposta do CSKA. O goleiro-artilheiro Thiago trocou de bacalhau, pois foi transferido ao Vasco.

Em compensação, a Lusa trouxe cinco bons reforços: o goleiro Gottardi, o zagueiro Júlio Santos, o meia Ramón, o atacante Christian e o experiente lateral Zé Maria, revelado nas categorias de base da própria Lusa e que estava na Europa, após passagens por Espanha e Itália. Além deles chegaram também o lateral Patrício, o volante Carlos Alberto e o atacante Leandro Carrijo. Com eles, a Lusa pode continuar o embalo e até surpreender no Paulistão 2008.

Time-Base: Gottardi (André Luís); Patrício, Bruno, Marco Aurélio e Juninho Goiano; Erick, Dias (Rai), Zé Maria e Preto (Ramón); Diogo e Christian
Destaques: Diogo, Christian e Zé Maria
Olho Nele! Diogo, artilheiro da Lusa na Série B com 18 gols. O jovem foi cobiçado por grandes clubes brasileiros, mas, por ora, ficou na Lusa.
Pontos Fortes: A manutenção de Wagner Benazzi no comando técnico. A evolução da Lusa passa pelo bom trabalho desenvolvido ano passado.
Pontos Fracos: A adaptação de um novo goleiro ao time, preenchendo a grande lacuna deixada por Thiago. Patrício é fraco tecnicamente e Leonardo fará falta na esquerda, caso ele saia.

2 comentários:

Rafael Fontes disse...

Muito bom o trabalho de análise dos times do Paulistão, mas acredito que esse ano teremos apenas clássicos nas semi-finais!!!!

No máximo o Santos pode ficar de fora.

Obrigado pela visita e o seu link já está adicionado!!!!

Da uma passadinha no Com a Bola Cheia para conferir a nova programção do blog.

Abraços...

http://comabolacheia.zip.net

Net Esportes disse...

Espero que o São Paulo mostre toda sua força e volte a vencer o Paulistão...... 2005 pra cá é muito tempo sem Estadual pro tricolor !!!!!!!! he he