14.12.09

Pato de ouro

Em eleição promovida pelos italianos do Tuttosport, o atacante brasileiro Alexandre Pato foi escolhido como o melhor jogador sub-21 da Europa. Assim como a Bola de Ouro promovida pela France Football, o prêmio Golden Boy é tradicional no Velho Continente, já que conta com votos de 30 jornalistas das principais mídias especializadas no esporte. Pato faz a dobradinha brasileira, já que o meia Anderson, do Manchester United, foi o vencedor do prêmio em 2008, fazendo do Brasil o maior vencedor do prêmio, até aqui. Na edição 2009, o camisa sete deixou para trás nomes talentosos como o atacante ganês Adiyah, campeão e maior destaque do último Mundial sub-20; o “rival” Mário Balotelli, polêmico atacante talentoso da Inter; o espanhol Bojan Krkic, que perdeu espaço para Pedro Rodríguez nesta temporada do Barcelona e o montenegrino Stefan Jovetic, que vem fazendo sua primeira temporada de afirmação na Fiorentina.

A boa fase do avante rossoneri é resultado de muita paciência. Mesmo com 20 anos, Pato já está em sua terceira temporada no Milan. Veio como aposta de Carlo Ancelotti - que fez de tudo para leá-lo consigo ao Chelsea - e aos poucos, foi cavando sua posição de importância ao time. Seguramente, é o jogador mais imprescindível ao Milan de Leonardo na atualidade. Titular em 20 das 24 partidas oficiais do Milan na temporada, Pato já anotou nove gols. - sete na Série A e dois na Champions. E vem alcançando a maturidade dentro dos campos gradualmente, como deve ser. Como ponto alto desta temporada, o brasileiro foi primordial para a vitória do Milan em pleno Santiago Bernabéu, diante dos galácticos do Real Madrid, ao anotar dois gols da vitória por 3-2. Atualmente, está a apenas quatro gols da artilharia do Calcio, encabeçada pelos 11 gols do atacante Antonio Di Natale, da Udinese.

Contudo, para azar de Pato, ele não deverá ser um dos atacantes brasileiros para a Copa do Mundo, que deverá ter Luís Fabiano, Robinho, Nilmar e provavelmente Adriano, se a convocação para o Mundial fosse hoje. Nas oportunidades que teve com a amarelinha, Pato surgiu com muitas expectativas, ao estrear com um gol frente aos suecos, em fevereiro de 2008, em Londres. Acabou não se firmando, mesmo sendo chamado com alguma regularidade por Dunga. Nilmar chegou e praticamente garantiu sua vaga entre os 23. Porém, se as coisas seguirem seu curso natural, Pato deve ser o titular da posição para a Copa 2014.

6 comentários:

Anônimo disse...

não acho que seja um tremendo absurdo levar o Adriano ao invés do Pato, o Adriano mostrou capacidade no Brasileirão e tudo mais, porém o histórico dele deveria prejudicá-lo, o Pato é infinitamente superior, porém muito jovem, o que pode não ser bom, na minha opinião o Robinho é quem deveria ficar fora da Copa, esse não está jogando nada faz tempo .... mas é protegido, aí não tem jeito.

Net Esportes disse...

assinando o comentário acima!!!!!!

Felipe Simonetti disse...

Esse Pato tem futuro ein! Ele é um craque quero ver ele de maestro na Copa de 2014, assim como foi Ronaldinho na Copa de 2002.
Um abraço

Vinicius Grissi disse...

Pato, aos poucos, começa a crescer defintivamente no Milan. Não sei se é o melhor jogador sub-21 da Europa, mas tem potencial para ser um dos grandes jogadores do Mundo.

Se seguir o crescimento, vai ser uma baita dor de cabeça para Dunga deixá-lo fora da Copa.

Vinicius Grissi disse...

Começou a eleição do melhor lateral direito do último Brasileirão. Participe!

Diogo Freitas Zumak Passos disse...

O Pato é bom jogador vai se dar bem

votem na enquete e comentem as materias..
acompanhem..materias novas diariamente
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/
http://www.opiniaoesporte.blogspot.com/