12.10.09

Quantas Copas chegarão à África do Sul?

Há pouco mais de 79 anos, Uruguai e Argentina decidiam a primeira edição da Copa do Mundo no lendário estádio Centenário, em Montevidéu. Mais de 90 mil espectadores viram a Celeste Olímpica conquistar seu primeiro mundial ao vencer – após duas viradas – aquela final por 4-2, ratificando sua condição de melhor equipe, com 15 gols em quatro jogos. A Argentina, que endureceu aquela final, sagrou Guillermo Stábile como o artilheiro da competição, com oito gols marcados. Com quatro Copas conquistadas ao longo de outros 17 torneios, os tradicionais adversários de América do Sul darão a cartada final para garantir seu lugar na Copa do Mundo de 2010. E a chance de um deles assistir ao próximo Mundial tomando mate em casa é bem possível. Na prática, Argentina (4º - 25 pontos, 2 gols de saldo), Uruguai (5º - 24, com 9 de saldo) e Equador (6º - 23, -3 de saldo) disputam duas vagas - uma delas na repescagem, contra Costa Rica ou Honduras.

Um empate garante a Argentina diretamente na Copa, salvo se o Equador tirar os cinco gols de saldo de diferença, batendo o já classificado Chile em Santiago. Em caso de vitória em casa, o Uruguai obtém a vaga direta e a Argentina torce por um empate na partida em Santiago, resultado que também beneficiaria a seleção charrúa em um eventual revés para a equipe albiceleste. Uma série de combinações que contrasta com a tradição de quem já decidiu uma Copa do Mundo, entre outros grandes encontros atráves da história.

O Uruguai sofre com a decadência já há vários anos – esteve em apenas duas das últimas cinco Copas. Mesmo com bons talentos individuais, talvez os melhores dos últimos anos, como Forlán, Suarez, Lugano e Rodríguez, parece faltar um conjunto mais coeso ao time, como visto nessas Eliminatórias com a eficiência de Chile e Paraguai. A situação uruguaia só não é mais dramática por ter vencido o Equador fora de casa na última rodada, com um pênalti inexistente convertido por Forlán. Já a Argentina - sempre vista como uma das favoritas a taça - possui uma defesa péssima, com suas deficiências acentuadas pela péssima armação que Diego Maradona dá ao time, talentosíssimo do meio pra frente. Mas que certamente perdeu a confiança, a ponto de tornar dramática uma partida em pleno Monumental de Nuñez contra o pior selecionado do torneio, o desmotivado Peru.

É sempre péssimo ver duas equipes desse porte fora de uma Copa do Mundo, ainda mais ao ver um Equador que não tem o mérito que conseguiu na disputa dos dois últimos Mundiais. Dado tal cenário, o Centenário – que esgotou seus 60 mil ingressos para a partida em poucas horas - pode ser testemunha da história do futebol novamente na noite desta quarta-feira, em mais um decisivo clássico do Rio da Prata.

4 comentários:

gerson disse...

O Uruguai, na verdade, faz parte do museu do futebol. Talvez tenha sido o primeiro país a ter um estilo de jogar futebol. Só que não atualizou a sua cultura futebolística, e do futebol que associava força e técnica só restou a pancadaria.
Hoje, o Uruguai tem 3,5 milhões de habitantes no país e 3 milhões fora. Os jogadores saem cedo demais para o exterior. A economia é fraca, vive do turismo que concentra renda, e da agricultura e pecuária extensiva. O Uruguai tb é passado em termos de economia, a exemplo do sul do RS, tão parecido com o vizinho fronteiriço.
Será um confronto entre uma força do futebol mundial, que vive um péssimo momento, com um fantasma. Só que no centenário lotado a rivalidade regional vai aflorar e o fantasma pode acabar levando um vivo para o além.

Net Esportes disse...

Acho que sería muito mais estranho não ter a Argentina na Copa do que não ter o Uruguai, principalmente porque o Uruguai já não é mais aquele time da primeira metade do século passado, acho que a Argentina proporcinaria jogos mais interessante, porém confesso que não to nem aí pra Argentina, sería muito mais legal ver o Maradona se dando mal agora, porque acho que ele nem vai pra Copa caso a Argentina vá ...... vai ser uma última rodada muito interessante nas Eliminatórias .... um jogo sensacional esse entre Argentina e Uruguai sem dúvida .......

PS. Guillermo "Stádile" ... não sería o ... Stábile ?? !!!

André Augusto disse...

Tem razão. Erro de digitação...rs
Corrigido, valeu!

Blog do Carlão - Futebol é nossa área disse...

A mala branca pro Chile deve ser bem gorda.