26.8.06

Prognósticos para a Liga Dos Campeões!!!

Nesta última quinta (24/08) foram sorteados os times para a primeira fase de grupos da Liga dos Campeões. O Opinião FC vai analisar as chances de cada clube na competição, sem estar em cima do muro, é claro.
Lembrando que classificam-se os dois primeiros de cada grupo e o terceiro garante vaga automática para a fase final da Copa da UEFA. A primeira rodada da Liga será realizada nos dias 12 e 13 de setembro.

Grupo A – Barcelona, Chelsea, Werder Bremen e Levski Sofia
Barça - Campeão Espanhol e Europeu pode ser apontado como o grande favorito desta Liga. O técnico Rijkaard manteve a base vencedora da última temporada e ainda contou com bons reforços vindos da rebaixada Juventus, o lateral Zambrotta e o zagueiro vice-campeão mundial Thuram. Eles vieram pra reforçar os setores mais carentes do time, principalmente a lateral-direita, que contava antes com o esforçado, mas fraco Belletti. Aliado a esse aumento da capacidade defensiva, está o meio-campo mais respeitado e entrosado do mundo: Xavi, Messi e Deco, todos em ótima fase. E lá na frente o ótimo Eto´o ao lado do melhor do mundo (que precisa mostrar serviço após o fiasco na Copa) Ronaldinho, tem tudo para levar o Barça a uma classificação tranqüila. Inclusive em primeiro lugar da chave.
Chelsea - Os Blues também possuem, ao lado dos catalães, um dos melhores elencos da Europa. Contratações milionárias de Abramovitch prometem deixar o Chelsea turbinado, se Mourinho conseguir administrar o ego de tantas estrelas reunidas. Nomes como o do artilheiro Shevchenko, Ballack e o rápido Kalou podem unir suas habilidades aos consagrados Cech, Terry, Robben e Lampard, tornando o Chelsea infernal. É quase certo que se classifique ao lado do Barcelona. Pode pesar, nos jogos contra os catalães, a falta de entrosamento, mas levam vantagem no quesito ritmo de jogo, pois o campeonato inglës já começou, enqunato o Espanhol ainda não deu o pontapé inicial.
Werder - Os vice-campeões alemães não deram muita sorte. Cairam na chave de duas das equipes cotadas ao título. Se tudo correr normalmente, o Werder terá que se contentar apenas com a vaga na fase final da Copa da UEFA, destinada aos terceiros lugares de cada uma das oito chaves. Mas com certeza, o Werder promete dar trabalho a Barça e Chelsea. E o destaque até aqui da equipe vem sendo o meia Diego, ex-Santos, que parece ter reencontrado seu bom futebol na terra do chucrute. Destaque também ao matador Klose, destaque na Copa.
Levski - Levski o q? O time da capital búlgara eliminou um time geórgio e o Chievo (que herdou a vaga na fase preliminar da Liga de última hora, por conta do escândalo na Itália) é desconhecido até entre os europeus. Resumo as chances do Levski através das palavras de seu técnico, Stanimir Stoilov: “Vamos continuar sonhando". O time é azarão até mesmo para a vaga na Copa da UEFA.
Grupo B – Internazionale, Bayern Munique, Sporting e Spartak
Inter - A eterna promessa. Os nerazzurri de Milão tentam quebrar o estigma de montar bons times, mas que sempre morrem na praia. O presidente do clube, Massimo Moratti, bancou a permanência do técnico Roberto Mancini, que fracassou na Liga e no Italiano ( o qual a Inter acabou herdando por conta do rebaixamento da Juventus) e ainda trouxe bons reforços, vindos da Juventus: Ibrahimovic e Vieira. É a favorita para beliscar a primeira colocação da chave.
Bayern - O Bayern perdeu suas principais referencias no meio-campo: Zé Roberto e Ballack deixaram o time. Apesar da contratação do jovem Podolski e do zagueiro belga Van Buyten, é uma incógnita saber como o time reagirá as perdas durante a Liga. Na Alemanha, os bávaros já lideram, mas para o nível técnico da Liga eles provavelmente buscam o segundo lugar da chave.
Sporting - Já os vice-campeões portugueses tem um time razoável, que brigará com os russos do Spartak pela vaga na Copa da UEFA. Poucas contratações expressivas não permitem que os Leões cheguem mais longe na Liga.
Spartak - O Spartak, de certa forma, é o azarão do grupo B. Mas em outras ligas européias, mostrou-se um adversário muito difícil de ser batido em Moscou, principalmente diante do rígido inverno russo. Como o Sporting, também tem um elenco mediano e brigará com os portugueses pela vaga na Copa da UEFA.
Grupo C – Liverpool, PSV Eindhoven, Bordeaux e Galatasaray
Liverpool - Os campeões da temporada 2004-2005 são favoritos para levar a primeira colocação do Grupo C. Sob a batuta do bom técnico Rafa Benitez, o Liverpool contratou bons valores, como o brasileiro Fabio Aurélio e o atacante holandês Dirk Kuyt, que se juntarão a liderança do experiente Gerrard. É uma equipe de defesa muito sólida, e os seus adversários de grupo não primam muito pela eficiência de seus ataques.
PSV - O PSV promete briga ferrenha com o Bordeaux pela segunda vaga na fase final da Liga. Com um time organizado e sob a batuta do promissor Koeman, o time de Eindhoven trouxe como maior destaque para essa temporada o arisco atacante paraguaio Nelson Cuevas. Com larga experiência em competições européias e boas campanhas nas ultimas edições da liga, tem tudo para se classificar. Se o Liverpool vacilar, pode ter certeza que o PSV estará em sua cola.
Bordeaux - O Bordeaux caiu em uma chave muito equilibrada. E a irregularidade dos girondinos pode ser um ponto negativo rumo à classificação. O time do técnico brasileiro Ricardo Gomes é o atual vice-campeão francês, mas claramente esta em um nível muito abaixo do campeão, o Lyon. Se tudo correr normalmente, os franceses brigarão por uma vaga na UEFA. Mas darão trabalho.
Galatasaray - Talvez o Galatasaray seja o grande fiel da balança desse grupo. Tanto para as vagas para a fase final de grupos da Liga, quanto para a vaga na UEFA. É um time muito forte jogando em seus domínios, o que pode fazer a diferença a favor dos turcos. O maior destaque nos reforços do Galatasaray é a contratação do argentino Carrusca.
Grupo D – Valencia, Roma, Olimpiacos e Shaktar Donetsk
Valencia - Vice-campeão espanhol, o Valencia quer justificar a condição de cabeça-de-chave do Grupo D, classificando-se na frente para a fase final da Liga. Joaquin, meia habilidoso recém-chegado do Bétis e o matador Morientes prometem reforçar o Valencia para brigar com a Roma pela liderança do grupo. Mas com vantagem dos espanhóis.
Roma - A Roma, do promissor técnico Luciano Spaletti, quer fazer bonito nessa Liga. Liderada por il capitano Totti, e com alguns reforços, como o do chileno Pizarro. Se os reforços se entrosarem rapidamente com o resto do time, podem conduzir a Roma até a próxima fase da Liga.
Olimpiacos - O Olimpiacos, do veterano Rivaldo, sempre é forte em seus domínios, mas em competições européias sempre mostra um nível fraco. Não contratou nenhum jogador de expressão e não deve nem beliscar uma vaga na Copa da UEFA, frente ao aplicado elenco do Shaktar.
Shaktar - O Shaktar, que desbancou a hegemonia do Dínamo de Kiev na Ucrânia, quer beliscar ao menos uma vaga na Copa da UEFA. Mas o time dos brasileiros Elano e Matuzalem, vai dificultar a vida dos favoritos do grupo. É um time entrosado e compacto.
Grupo E - Real Madrid, Lyon, Steaua Bucareste e Dínamo Kiev
Real Madrid - O Real quer compensar a fraca campanha na temporada passada. E pra isso, trocou muitas peças, começando pelo técnico. Fábio Capello, técnico de currículo invejável na Europa, quer implantar seus métodos de trabalho pra valer entre os merengues. Vindo da Juventus, trouxe vários pupilos consigo, como Cannavaro e seu cão de guarda Emerson, que trabalha com o técnico desde a Roma, em 2000. Além dos reforços na zaga, chegou o matador Van Nistelrooy, que disputará posição com Ronaldo. Outro pupilo de Capello que estava esquecido em Madrid é Cassano, que o técnico italiano vai aos poucos, recuperando. O Real sempre entra como favorito em qualquer competição e tem um time forte, ao menos no papel. Mas o desentrosamento e a falta de ritmo do time colocam os merengues em pé de igualdade com o Lyon, que tem um time forte, compacto e entrosado. Por isso, creio que disputarão a primeira posição do Grupo E com os franceses. Nos bastidores, já saíram na frente do Lyon, pois contrataram junto ao time francês o volante Mahamadou Diarra.
Lyon - Já não basta “apenas” ser pentacampeão francês. O Lyon deseja conquistar a Europa. É evidente a supremacia da equipe em terras francesas. Depois de cair nas quartas-de-final das duas ultimas edições da Liga, o Lyon quer mais. E tem bom time pra sonhar alto, liderado pelo maestro Juninho. Apesar de perder Diarra para o Real, os franceses não perderam tempo e repuseram rapidamente, trouxeram outro Diarra, Alou, vindo do Lens, além do excelente meia-esquerda Kim Kallstrom, que atuou na Copa pela seleção sueca. E é mantendo a base que o Lyon tem as cartas para conquistar a primeira colocação do Grupo E, disputando com os rivais de Liga madrilenhos, os quais se enfrentaram na temporada passada. Vantagem do Lyon, com uma vitória em casa e um empate fora.
Steaua - Os romenos do Steaua fizeram bonito na ultima temporada, chegando até as semi-finais da Copa da UEFA, mostrando uma defesa forte e contra-ataques rápidos. Mas na Liga será diferente. Enfrentarão ataques poderosos e seu elenco é limitado para os âmbitos europeus. Mas pode brigar diretamente com o Dínamo pela vaga na Copa da UEFA.
Dínamo Kiev - O Dínamo está em busca da glória perdida. Após ser desbancado em seus domínios pelo Shaktar, o time de Kiev busca repetir boas campanhas realizadas em outros tempos, quando o jovem Shvechenko ainda fazia parte do seu elenco. É um time recheado de brasileiros e nigerianos e o atrevimento e a imprevisibilidade característica desses jogadores, aliados ao faro de gol do uzbeque Shaktish podem dar trabalho aos favoritos e ao próprio Steaua, com quem o Dínamo deve brigar pela vaga na UEFA.
Grupo F – Manchester United, Benfica, Celtic e FC Copenhagen
Manchester - Favorito, o Manchester teve uma grande perda nessa temporada. Nistelrooy foi-se para Madrid. Cabe então ao jovem e temperamental Wayne Rooney tornar-se a nova referencia no ataque dos Red Devils. A contratação milionária de Michael Carrick junto ao Tottenham promete dar mais estabilidade defensiva e maior qualidade de apoio ao ataque. É clara a superioridade do Manchester frente aos demais times do Grupo F e por isso creio que o Manchester deva levar a primeira vaga para a fase final da Liga. Mas atenção, torcedores: Quem não se lembra da ultima temporada do Manchester na Liga dos Campeões? Em um grupo que tinha o próprio Benfica, o Villarreal e o Lille, os ingleses amargaram a última colocação. Por isso é importante fazer a lição de casa e ganhar pontos certos fora, contra o Copenhagen, por exemplo.
Benfica - Os encarnados fizeram boa campanha na Liga durante a temporada passada, quando só caíram diante do campeão Barcelona. Com reforços modestos, como o grego Katsouranis e o veterano Rui Costa, o Benfica tem que abrir o olho, principalmente diante do Celtic, adversário direto pela segunda vaga na fase final.
Celtic - O Celtic caiu em uma chave em que é possível a classificação para a próxima fase. Por isso, é importante que os escoceses ganhem pontos diante do rival direto, o Benfica, e não vacile diante do Copenhagen. Trouxe reforços modestos, mas tem um elenco parecido com o do Benfica.
FC Copenhagen - O Copenhagen pinta nesse Grupo F como o grande saco de pancadas. Pouco se sabe dos nórdicos, que repatriaram recentemente Gronkjaer, que andava esquecido no futebol inglês. Acho que nem vaga na UEFA eles possam conquistar, apesar de terem desbancado os holandeses do Ajax na fase preliminar da Liga.
Grupo G – Arsenal, Porto, CSKA Moscou e Hamburgo
Arsenal - O Arsenal deposita mais uma vez em Henry todas as suas esperanças para realizar outra ótima campanha, como a da ultima liga, em que foram vice-campeões. O habilidoso meia tcheco Rosicky chega para ser o cérebro que falta nesse rápido Arsenal, que ainda conta com as rápidas investidas de Ljungberg, Reyes e Van Persie. Candidatos a primeira vaga do Grupo G à próxima fase. Mas os gunners devem ser cuidadosos, pois este é, em minha opinião, um dos grupos mais equlibrados da Liga, com times perigosos.
Porto - O Porto é uma incógnita. Campeão português, não da pra saber se o elenco dos dragões é suficiente para alcançar a próxima fase. Mas promete boa briga com CSKA e Hamburgo, pela vaga restante na próxima fase da Liga ou na Copa da UEFA. Destaque para a boa fase do brasileiro Adriano Lousada e do argentino Lucho González.
CSKA - Poderíamos equiparar o CSKA ao Porto. Os dois contam com muitos reforços tupiniquins em suas equipes, mas claramente os “brasileiros russos” são melhores tecnicamente. O excelente Daniel Carvalho e os matadores Jô e Vagner Love podem ser a chave dos russos até a próxima fase. Vale lembrar que os russos foram campeões da Copa da UEFA na temporada 2004-2005 e aspiram a fase final da Liga.
Hamburgo - O Hamburgo, que perdeu força desde as ultimas rodadas do campeonato alemão 2005-2006, quando deixou o titulo de mão beijada para o Bayern, é o mais fraco do grupo. Perdeu peças importantes como o zagueiro Van Buyten, mas trouxe o promissor belga Kompany. Mas é um time que pode brigar pela vaga na Copa da UEFA, se não amarelar novamente.
Grupo H – Milan, Lille, AEK Atenas e Anderlecht
Milan - O Milan não poderia pegar grupo melhor. Favoritíssimo para a primeira posição e um dos favoritos ao títulos da Liga, a equipe rossonera ainda digere a perda de seu matador Shevchenko para o Chelsea. Agora ventila-se o nome de Ricardo Oliveira. O fato é que o Milan precisa de mais um atacante para o elenco. Mas a base mantida pelo técnico Carlo Ancellotti pode chegar muito longe na Liga, como às semi-finais na temporada passada, o vice-campeonato em 2004-2005 ou ao título como em 2003. É sempre uma equipe de elenco forte e de chegada. Tem no brasileiro Kaká e nos campeões mundiais Gilardino e Pirlo os seus maiores destaques.
Lille - O Lille promete dar trabalho ao Milan. Mas não muito. Os franceses tem uma equipe compacta, que da muito trabalho aos adversários e um ataque eficiente. O atacante Johan Audel chega para formar com Odenwingie uma comissão de frente rápida e precisa. E o brasileiro Michel Bastos, se bem aproveitado, pode apoiar muito bem pelo lado direito. Para mim, o favorito para a segunda vaga no grupo para a fase final de grupos.
AEK e Anderlecht - O AEK e o Anderlecht, creio eu, vão brigar pela vaga na Copa da UEFA. O Anderlecht, com mais experiência em Liga dos Campeões, levam uma ligeira vantagem sobre os gregos, mas ambos possuem elencos muito fracos.
Dei meus pitacos...e vcs? Não fiquem em cima do muro! Opinem!

3 comentários:

alexandreazank disse...

Muito bom o prognóstico sobre a liga! Será muito útil para pesquisa e comentários usados no Eurogol! Abraço!

Felipe Brisolla disse...

Muito bem definidas as análises sobre os clubes!! É uma pena que O Ajax e o Fernebace tenham ficado de fora!! Vai ser uma das maiores edições da liga. Será que a Copa do Mundo vai chacoalhar as equipes?? É o que veremos...

Thiago Barretos disse...

Eu discordo de alguns pontos de vista, mas tudo bem...
Como sempre, o André aposta no óbvio, huahuahuahua
Prometo q tb vou fazer uma lista c os meus prováveis classificados...
Msm assim, a idéia foi ótima