26.1.14

O surpreendente Tigre

Erick Flores manda beijo para a torcida e 
comemora o gol da vitória frente ao Corinthians  

Considerando que a bola voltou a rolar nos principais gramados do país a pouco mais de uma semana, fica difícil prever algo ou apostar em algum favorito. Independentemente disso, não há como exaltar o bom início de temporada do São Bernardo. 

Dona de um começo arrasador, com três vitórias em três jogos pelo Campeonato Paulista – sendo a última delas sobre o Corinthians, no Pacaembu, a equipe “sensação” do torneio estadual mostra um esquema de jogo eficiente, baseado na forte marcação e nas rápidas descidas de contra-ataque pelos flancos do campo. Certamente trará problemas aos outros grandes paulistas. 

O time é bem equilibrado. Na defesa, além do experiente goleiro Wilson Júnior, conta com a tarimbada dupla de zaga formada por Fernando Lombardi e Luciano Castán que deixa os alas Rafael Cruz e Eduardo com total liberdade para atacar. No meio, três volantes (Daniel, Marino e Edson) cuidam da marcação para o baixinho Bady preocupar-se apenas em municiar a veloz dupla de ataque formada pelos rodados Marcio Diogo e Careca ou Erick Flores.  


Mescla de juventude e experiência no 4-3-1-2: 
Receita que geralmente rende sucesso


Bady, inclusive, é o diferencial do time. Praticamente todas as bolas do setor de criação passam pelos pés do habilidoso camisa 10 aurinegro. Não à toa, deixou saudades na torcida do América-MG, após bela passagem na Série B do ano passado, com 5 gols marcados. 


Isso não significa dizer que o Tigre do ABC já desponta como favorito para assegurar uma das oito vagas para a segunda fase. Afinal, o torneio é longo. Mas vale a pena ressaltar que, para um clube com apenas 9 anos de existência, o Bernô tem tudo para ficar e crescer no cenário nacional...

Nenhum comentário: